domingo, 22 de abril de 2007

Southern Rock amado e detestado, mas diferente...

Não estava nos meus planos escrever outro post em tão curto espaço de tempo face ao anterior, mas não consegui resistir. Andava por acaso a escolher músicas para ouvir e deparei-me com Lynyrd Skynyrd (pronuncia-se Leh-nerd Skin-nerd), não consegui resistir, elaborei uma lista de Southern Rock que a par com os blues, é a música que mais gosto e o género que mais toquei com os Moloc, a minha banda dos anos 90.
Diz a lenda que o som Southern começou com os Allman Brothers, um misto de rock com blues, mas foram os Lynyrd Skynyrd quem o popularizou mediante os seus multi-platinados discos. A banda tornou-se mítica e por volta de 1977 lançam o álbum Street Survivors que na sua capa apresentava chamas por trás dos elementos do grupo. Há quem diga que esta capa previa o acidente aéreo que aconteceu logo a seguir e que vitimou grande parte dos seus membros. Dos sete elementos sobreviveram 3 que reactivaram o projecto com membros das famílias das vítimas, graças a isso o grupo sobreviveu até hoje. Os discos deles, todos eles, continuam a vender muito bem até aos nossos dias.
A partir dos Lynyrd muitos outros grupos emergiram no panorama Southern, entre os mais significativos temos Blackfoot com o guitarrista/baterista Rickey Medlocke que hoje integra os Lynyrd, os mal amados Molly Hatchett, Nantucket, Doc Holliday, Charlie Daniels Band, 38 Special ou os mais recentemente formados Gov’t Mule (Governament Mule…rssss). Existem muitas mais bandas de maior ou menor expressão, mas suficientes para manter acesa a chama e dar continuidade ao género.
Amante deste estilo ajudei a fundar uma banda por volta de 1992 chamada Moloc (o deus cananaico da fertilidade…rsss). Quase instintivamente adoptámos o estilo e o visual Southern, temas como “Ride”, “My Sweet Madness”. “Girl At The Bar Door” “Since The Day I’ve Met Yah”, “A Taste Of The Women”, fizeram sucesso nos bares e shows em que tocámos inúmeras vezes, foi para mim um período prolífico em termos de composição, escrevi mais de 30 canções em menos de 3 meses, 95% do material da banda, talvez daí resultasse a orientação musical. Este era um projecto que gostaria de reavivar, mas infelizmente a maior parte dos músicos que integravam o grupo deixaram de tocar. Quem sabe um dia com novos músicos traga de novo a banda.
Seja como for aqui fica o apontamento de um género musical que é mais do que simples música são histórias de vivência e do dia a dia, goste-se ou deteste-se as baladas desta música são inolvidáveis.

8 comentários:

kuska disse...

oi,
abstenho-me de fazer coméntários sobre o post em si pois nada iria acrescentar. nesta matéria o expert és tu! quero só dizer que acho muito bem ilustrado, este e os outros post's. podes continuar ;0)
beijinho

Afgane disse...

Obrigado Kuskinha ó pra mim todo babado...rsssss

bruno disse...

desculpa a invasao, mas nao resisti em deixar um comment com os meus parabens. tenho andado a ouvir bastante southern, tenho tendencia para a nova onda do southern rock, onde o metal está presente. mas oiço com muita frequecia bandas como lynyrd skynyrd, .38 special, alabama e um dos meus grandes fascinios north mississippi allstars. tenho uma banda de southern (nova geraçao, com influencias de bandas mais recentes) e realmente o southern é um estilo de musica que adaptado à nossa vida a torna muito diferente do habitual.

Parabens novamente pelo post e espero que consigas trazer a tua banda de volta :)

Anónimo disse...

Southern Rock = Pride & Glory e o proprio Zakk GODLIKE Wylde!

Talitha disse...

Ei, adorei essa materia, afinal lynyrd skynyrd 'e uma das maiores lendas do rock, , 'e perfeito...'e umas das melhores bandas q ja ouvi, quem gosta de rock'n roll com certeza admira essa banda.
beeeijos.

Fábio disse...

Eita! Acabei de upar um post baseado no "elogio da loucura", aí logo depois fui pesquisar no google "southern rock" e vi esse link por primeiro, até assustei haushausas!!

Anónimo disse...

zenerx

Fernanda disse...

Southern é lindo!